Sites Grátis no Comunidades.net

Feira de Filmes Alternativos e Raros



Total de visitas: 48561
Históricos e Políticos A-K

Filmes históricos, políticos e de personalidades:

“11 de Setembro” de Amos Gitai, Shohei Imamura, Sean Penn, Mira Nair, Alejandro González Iñárritu, Claude Lelouch, Ken Loach, Samra Makhmalbaf, Idrissa Ouedraogo, Danis Tanovic
Irregular como o mundo, o filme 11 de Setembro reflete as diferentes visões sobre a tragédia norte-americana. Onze curtas, de cineastas consagrados de 11 países, compõem o quadro que foi pintado com o intuito de refletir não só as conseqüências dos atentados, mas também o papel dos Estados Unidos no mundo. Egito, Israel, México, Japão, França, Reino Unido, Irã, Índia, Burkina Fasso, Bósnia-Herzegovina e Estados Unidos são os países de origem dos diretores dos curtas de 11 minutos, 9 segundos e 1 quadro. Visões e abordagens completamente distintas para um problema comum. Díspares em conteúdo e forma, os episódios que constituem o filme são pequenas aulas de humanidade.

“1492” - de Ridley Scott

Um épico grandioso que narra toda a trajetória do navegador genovês Cristovão Colombo e a descoberta da América em 1492. Desde os preparativos para a viagem, as intrigas palacianas, os percalços em alto-mar, a esperança de um homem marcado pelo mar, toda a emoção de pisar em terra firme e o primeiro contato com os habitantes naturais desta terra desconhecida, os índios. Uma terra selvagem que reserva muitas surpresas em seu coração. Aqui, todos os detalhes desta aventura que mudou para sempre os destinos da história da humanidade, serão revelados em toda sua riqueza. Uma verdadeira lição de história contada pelo cinema.


"1900" de Bernardo Bertolucci DVD Duplo

O filme faz uma retrospectiva histórica da Itália desde o início do século XX até o término da Segunda Guerra Mundial, com base na vida de Olmo, filho bastardo de camponeses, e Alfredo, herdeiro de uma rica família de latifundiários. Apesar da amizade desde a infância, a origem social fala mais alto e os coloca em pólos política e ideologicamente antagônicos. Através da vida de Olmo e Alfredo, o fime retrata o intenso cenário político que marcou a Itália e o mundo nas primeiras décadas desse século, representado pelo fortalecimento das lutas trabalhistas ligadas ao socialismo em oposição à ascensão do fascismo.
"Novecento" tornou-se um épico aclamado no mundo inteiro, sendo considerado pela crítica internacional como uma das principais obras do grande cineasta italiano Bernardo Bertolucci.


"1984" de Michael Redford

Baseado no livro Mil Novecentos e Oitenta e Quatro de George Orwell, publicado em 1949. Esse filme foi rodado em Londres e arredores, de Abril á Junho de 1984, exatamente nos meses e locais imaginados por George Orwell. Uma adaptação da novela profética de Orwell que ralata o funcionamento de um mundo no qual o governo controla as massas controlando seus pensamentos. No filme, o "Big Brother" ("grande irmão", em inglês) é o grande ditador que vê tudo e á todos e que controla manipulando o significado das palavras de acordo á seus interesses.



"Agonia - Rasputin" de Elem Klimov

Panorama histórico da Rússia do começo do século XX (1905-1919). Narra a influência de Rasputin sobre a família do czar Nicolau II. Ambientado no ano de 1916, mostra os últimos momentos da família imperial quando dinastia Romanov estava inteiramente dominada pelo monge Grigori Rasputin, assassinado naquele ano. Rasputin, uma mistura de santo milagreiro, charlatão e estrategista político nunca exerceu qualquer cargo oficial, porém detinha mais poder do que qualquer magistrado. O filme antevê a explosão da Revolução de Outubro de 1917.




“Amazônia em Chamas” de John Frankenheimer

Quando os empresários olharam para a Amazônia, eles viram dinheiro, oportunidade e o futuro. Nada poderia impedí-los de realizar seus objetivos. A não ser Chico Mendes. Desde sua infância, Chico Mendes (Raul Julia, de Acima de Qualquer Suspeita) foi testemunha das brutalidades cometidas contra os seringueiros, explorados por seus patrões. Ainda jovem, decidiu dedicar-se a uma luta em favor de justiça para o povo de sua região. De pequenas discussões com criadores de gado, passando pela liderança de seu sindicato, a uma campanha internacional contra a devastação da floresta amazônica, Chico Mendes acreditava no diálogo e em soluções sem violência. Acabou transformando-se em uma figura de importância nacional, um herói local, e um peso ainda maior para seus inimigos...até que uma emboscada marcou o fim de sua vida de dedicação e esperança.



NOVO“O Agente Secreto” de Christopher Hampton

Rebeldes políticos e anarquistas de toda parte refugiam-se em Londres e conspiram contra as elites. Winnie (Patricia Arquette) é a bela jovem que se casa com um homem mais velho, Adolf Verloc (Bob Hoskins), acreditando estar garantindo um futuro seguro para si. Mas ela não imagina que seu marido pertence a uma facção terrorista e prepara um atentado que pode causar um impacto de repercussão mundial. Verloc acredita que o irmão de Winnie é a melhor pessoa para levar o pacote fatídico ao alvo. Ele, contudo, não imagina que o acaso pode destruir seus planos. O Agente Secreto é baseado em famoso livro de Joseph Conrad e descreve um novo tipo de horror urbano, o terrorismo, nascido do choque de ideologias radicais no começo do século XX.
Amém” de Costa-Gavras

Kurt Gerstein (Ulrich Tukur) é um oficial do Terceiro Reich que trabalhou na elaboração do Zyklon B, gás mortífero originalmente desenvolvido para a matança de animais mas usado para exterminar milhares de judeus durante a 2ª Guerra Mundial. Gerstein se revolta com o que testemunha e tenta informar os aliados sobre as atrocidades nos campos de concentração. Católico, busca chamar a atenção do Vaticano, mas suas denúncias são ignoradas pelo alto clero. Apenas um jovem jesuíta lhe dá ouvidos e o ajuda a organizar uma campanha para que o Papa (Marcel Iures) quebre o silêncio e se manifeste contra as violências ocorridas em nome de uma suposta supremacia racial. "Os anos JK" de Silvio Tendler

O filme aborda a história do Brasil: a eleição de JK, o nascimento de Brasília, o sucessor Jânio Quadros que renuncia, a crise política, o golpe militar e a cassação dos direitos políticos de Juscelino. O foco é a trajetória política de Juscelino Kubitschek, o "presidente bossa nova", popular entre os artistas, que propunha aceleração no desenvolvimento do país rumo á modernidade capitalista com um lugar entre as potências mundiais. O documentário é referência para estudantes e pesquisadores. Foi visto por 800 mil pessoas e ganhou vários prêmios.

“Araguaya - a conspiração do silêncio” - de Ronaldo Duque

O exército brasileiro no auge da ideologia da segurança nacional, um partido de esquerda dissidente, militante aguerridos (a maioria deles ainda jovens e inexperientes), inocentes camponeses e uma região onde a ambição e a miséria disputavam lugar palmo a palmo. Esse é o cenário de Conspiração do Silêncio, longa metragem de ficção baseado em extensa pesquisa empreendida pelo realizador e roteirista Ronaldo Duque sobre a Guerrilha do Araguaia, um dos episódios mais importantes de nossa história contemporânea.
"Arquitetura da Destruição" de Peter Cohen

Arquitetura da Destruição está consagrado internacionalmente como um dos melhores estudos já feitos sobre o nazismo no cinema.
O filme de Peter Cohen lembra que chamar a Hitler de artista medíocre não elimina os estragos provocados pela sua estratégia de conquista universal. O veio artístico do arquiteto da destruição tinha grandes pretensões e queria dar uma dimensão absoluta à sua megalomania. Hitler queria ser o senhor do universo, sem descuidar de nenhum detalhe da coreografia que levava as massas à histeria coletiva a cada demonstração.
O nazismo tinha como um dos seus princípios fundamentais a missão de embelezar o mundo. Nem que, para tanto, destruísse todo o mundo.

"O Assassinato de Trótsky" de Joseph Losey

Cidade do México, 1940. Paradas comunistas estão celebrando o Dia do Trabalho. Em um quarto de hotel, próximos à Praça Zocalo, encontram-se duas pessoas que serão os protagonistas do assassinato de Leon Trotsky (Richard Burton), o idealizador do Exército Vermelho e dedicado marxista que foi expulso da Rússia por Josef Stalin. Apesar de longe de seu país de origem, Trotsky continua muito envolvido com política e Stalin, sentindo-se ameaçado por seu oponente, envia ao México o assassino de aluguel Frank Jackson (Alain Delon), que, através de contatos e uma amizade em comum, é convidado a conhecer a sua vítima pessoalmente em sua casa...
"Ato de Fé " de Tatiana Polastri

Este documentário relata através de vários depoimentos inéditos e imagens da época, a perseguição da ditadura militar aos freis Dominicanos que colaboraram com a ALN.
Os Dominicanos relatam todo o processo que resultou no bárbaro assassinato de Carlos Mariguella, expõem a colaboração da cúpula reacionária da Igreja com os generais e descrevem a sua resitência ao fechamento do regime.
“Barra 68 – Sem perder a ternura” de Vladmir Carvalho

A luta de Darcy Ribeiro no início dos anos 60 para criar e implantar a Universidade Brasília. E as repetidas agressões sofridas pela UNB, desde o golpe militar de 64 até os acontecimentos de 1968. Desde os seus primórdios, Brasília foi fortemente marcada pelos acontecimentos políticos, como a renúncia de Jânio Quadros e o golpe militar de 64. Envolvida, a comunidade conheceu a intranqüilidade e ficou estigmatizada pela repressão. Um dos seus bens mais preciosos, a Universidade, criada por Darcy Ribeiro, foi agredida em 64, 68 e 77. Na primeira vez a UnB foi ocupada por tropas militares e quase perdeu todo o seu corpo docente que voluntariamente se demitiu em protesto célebre. A crise se arrastou por quatro longos anos e em l968, com o movimento deflagrado em reação ao assassinato de Edson Luís, no Rio de Janeiro, as ruas de Brasília assistiram aos embates entre estudantes e a polícia. As famílias sobressaltadas procuravam alento nos ofícios religiosos, enquanto cerca de 5OO jovens eram detidos numa praça de esportes no campus da UnB. Tudo culmina, depois de lances dramáticos com a prisão de parlamentares, o fechamento do Congresso Nacional e a promulgação do AI-5. Essa trajetória é resgatada através da urdidura de depoimentos, casos e histórias mesclados às raras imagens e sons que ficaram e perfazem, de uma época, uma memória imperfeita, mas sempre verdadeira. “A Batalha de Argel” de Gillo Pontecorvo DVD Duplo

A Batalha de Argel descreve eventos decisivos da guerra pela independência da Argélia, marco do processo histórico de libertação das colônias européias na África. A ação concentra-se entre 1954 e 1957 [a guerra só terminaria em 1962], mostrando como agiam os dois lados do conflito: enquanto o exército francês recorria à política de eliminação e à tortura, a Frente de Libertação Nacional [FLN] desenvolvia técnicas não convencionais de combate baseadas na guerrilha e no terrorismo. Neste filme de imensa atualidade, o mestre italiano Gillo Pontecorvo mudou a história do cinema político ao construir uma narrativa de tirar o fôlego, em que mistura técnicas de documentário e de ficção.
"Bom Dia, Noite" de Marco Belocchio

Em 1978, o líder da Democracia Cristã, Aldo Moro, foi sequestrado e morto pelo grupo de esquerda Brigadas Vermelhas, em um dos casos mais radicalizados da história política italiana. Neste filme, o epsódio é revisto pelos olhos de Chiara, uma personagem fictícia, integrante do grupo dos sequestradores. Aparentemente, Chiara leva uma vida monótona no trabalho, com seus amigos e seu namorado. Mas, secretamente, ela se engaja no grupo radical de esquerda. Sua relação com os companheiros se torna conflituosa na medida em que seu fascínio pela vida utópica é confrontado com a força destrutiva daqueles que a cercam.

“Botinada – a origem do Punk no Brasil” de Gastão Moreira

Botinada narra as origens do punk rock no Brasil, sua primeira fase (1976 - 1984) e o paradeiro de seus protagonistas. Foram 4 anos de pesquisa, 77 pessoas entrevistadas, milhares de horas nas ilhas de edição, 200 horas de vídeo e muitas imagens raras e inéditas compiladas pela primeira vez

NOVO“Brincando nos campos do senhor” de Hector Babenco

Um casal de evangélicos e seu filho pequeno embrenham-se na selva amazônica brasileira para catequisar índios ainda arredios à noção de Deus. Martin Quarrier é sociólogo e termina sendo motivado pelas experiências de outro casal, os Huben. As intenções religiosas e a harmonia entre brancos e índios no local ficam instáveis devido à presença de Lewis Moon, um mercenário descendente dos índios americanos.


NOVO “Brinquedo Proibido” de René Clément

O filme se passa em junho de 1940, as bombas hitleristas assombram os franceses, duas crianças aos poucos vão construindo um verdadeiro cemitério de insetos e pequenos animais. Perturbados pela loucura dos adultos e da guerra, eles vão estabelecer uma amizade singela e pura, mas igualmente fragilizada pela presença da morte e da incompreensão.

NOVO “Casa dos Espíritos” de Billie August

A história do Chile da década de 20 aos anos 70 é contada através da saga da família Trueba, que começa com a união de um homem simples (Jeremy Irons), que fica rico, com uma jovem (Meryl Streep) de poderes paranormais. A saga se desenvolve até esta família ser atingida pela revolução, que no início da década de 70 derrubou o presidente Salvador Allende.


"Capitães de Abril" de Maria de Medeiros

Em Portugal, na noite de 24 de abril de 1974, o rádio tocava uma canção proibida, "Grândola". Era o esperado sinal para o grupo militar que iria mudar o destino do país. Ao som da voz do poeta José Afonso, as tropas avançaram, marchando sobre Lisboa. Em contraste com a trágica tentativa do ano anterior, a Revolução dos Cravos se desenrolou como uma grande aventura, em busca da paz e de lirismo.



“O Cárcere e a Rua ” de Liliana Sulzbach

Corajoso e emocionante, O Cárcere e a Rua narra a história de três mulheres marcadas pelo destino. Cláudia é a presidiária mais antiga e respeitada da Penitenciária Madre Pelletier, em Porto Alegre. A que dá ordens e protege. Protege, por exemplo, a jovem Daniela, que corre risco de vida por ser acusada de ter matado o próprio filho. Mas Cláudia, assim como Betânia, deve deixar a penitenciária em breve. Daniela terá que se defender sozinha. Cláudia sai em busca do filho. Betânia sente a tentação de deixar de lado do regime semi-aberto para viver a liberdade em companhia de um novo amor.
Inclui o média-metragem A Invenção da Infância, vencedor de 19 prêmios. De forma contundente, mostra como a infância está sendo ameaçada pelas demandas do mundo contemporâneo. Definitivamente, ser criança não significa ter infância.

"Cartola - Música para os olhos" de Lírio Ferreira e Hilton Lacerda

Esta é a história de Angenor de Oliveira, mais conhecido como Cartola. Um dos mais importantes compositores da música brasileira de todos os tempos, Cartola é o autor de obras-prias como "O Mundo é um Moinho", "As Rosas não Falam", entre outras. Os diretores Lírio Ferreira e Hilton Lacerda mostram a importância de Cartola para a música brasileira, traçando um emocionante painel do autêntico samba de origem e seus principais expoentes.

NOVO “Che”

Documentário televisivo focado na trajetória política de Ernesto Che Guevara, sua vida, sua militância, a Revolução Cubana, sua relação com Fidel Castro e sua morte em La Higuera, na Bolívia.


“Che Guevara- Documentário da Assembléia Legislativa de SP”

Documentário que enfatiza principalmente a captura e assassinato de Che Ghuevara, incluindo entrevista inédita com o próprio executor de Che. Além de conter raras imagens históricas, traça um perfil claro de Che Guevara como “guerreiro libertador” da América Latina.

"Chove Sobre Santiago" de Helvio Soto

Um impressionante e autêntico testemunho do período socialista da Unidad Popular no Chile sob a presidência de Salvador Allende.
O filme mostra as situações reais de coragem e valentia de trabalhadores, estudantes e sindicatos, em acordo para salvar o governo democrático do "companheiro" Allende, contra o cruel e asfixiante golpe militar de "11 de Setembro de 1973". Também não saiu em cartaz, e só existem raríssimas cópias em VHS no Brasil.



NOVO "Chico Mendes - Eu quero viver” de Adrian Cowell

Entrevista concedida à Associação dos Geógrafos Brasileiros em junho de 1988, onde Chico Mendes fala sobre a história dos seringueiros desde o início do século, sobre sua luta, sobre as várias ameaças de morte que recebeu. Resultado de seis anos de trabalho, o filme registra a vida, a luta, a morte e o julgamento dos assassinos de um dos grandes defensores da ecologia.

"A Classe Operária vai ao Paraíso" de Elio Petri

Filme italiano sobre a história pessoal e social de um operário (o Massa), que se rebela contra a exploração em sua fábrica.Penetra nas angústias, anseios e desejos do operário, nas suas relações pessoais e o modo como se sentia por trabalhar na fábrica.Também mostra a ação de sindicatos moderados e comunistas radicais, que tentam persuadir e direcionar a rebelião na fábrica, comparando as duas ideologias desde a experiência pessoal do "Massa".
“Cocalero” de Alejandro Landes

Líder de um poderoso sindicato de trabalhadores plantadores de coca, Evo Morales encabeça uma luta histórica para recuperar a dignidade e os direitos dos pobres e dos povos originários, e após diversas crises políticas e transbordamentos sociais gerados pelos políticos, multinacionais e neoliberais, que levaram á mais de 500 mortes na ruas de várias cidades e á queda de 2 presidentes, Evo, um homem simples, indígena, de idéias socialistas e humanistas, ganha as eleições com uma maioria sem precedentes: quase 60 % de votos.
Uma história viva de geopolítica, movimentos populares, cultura indígena e a férrea determinação de um homem. Cocalero chega á níveis de intimidade com o candidato e os movimentos que o apóiam, oferecendo um olhar introspectivo e fresco das mudanças que acontecem na América Latina.

Áudio e legendas somente em espanhol

“Conterrâneos Velho de Guerra”de Vladimir Carvalho

Realizado em Brasília, conta a história oculta e não revelada dos operários que foram construir a capital federal do Brasil. Tida como “capital da esperança”, a construção de Brasília atraiu milhares de pessoas para trabalharem como operários, que saíram do interior do Nordeste na sua maioria, imaginando uma salvação, mas lá só encontraram infortúnio: exploração, violência, humilhação e descaso. Este filme revela os bastidores desconhecidos da situação precária dos construtores, e da posterior (e conseqüente) exclusão social gerada e refletida na geografia de Brasília. Um retrato da dignidade perdida de quem ficou fora da festa.
“Coronel Redl” de Szatván Szabó

Baseado na vida do personagem verídico Coronel Redl, oficial do Império Austro-Húngaro, que vivencia inúmeros conflitos, principalmente quando seus inimigos descobrem os seus instintos homossexuais. O longa metragem traça um painel da Europa ás vésperas da Primeira Guerra Mundial.

"O Corte" de Costa-Gavras

Após quinze anos de leais serviços como executivo de uma fábrica de papel, Bruno D. é despedido com centenas dos seus colegas devido a corte de despesas. Três anos se passam sem que ele encontre um novo emprego. Agora ele está disposto à tudo para conseguir um novo posto, inclusive partir para a ofensiva...


"Crianças Invisíveis" de Medhi Charef, Kátia Lund, Joo Woo, Emir Kusturica, Spike Lee, Jordan Scott, Ridley Scott e Stefano Veneruso

Sete diretores de diferentes países, incluindo Argélia (Mehdi Charef), Bósnia (Emir Kusturica) e Brasil (Kátia Lund). Sete curtas-metragens com visões distintas, mas sobre um tema comum: a desgraça e a miséria que perseguem as crianças no mundo. Seja coletando sucata nas ruas de São Paulo ou roubando para viver em Nápoles e no interior da Sérvia, os filmes são protagonizados por personagens infantis que lidam com uma dura realidade, na qual crescer muito cedo acaba sendo a única saída.
“Crise” de Robert Drew

Em junho de 1963 o governador do Alabama, George Wallace, tentou impedir que dois estudantes negros se matriculassem na universidade local. Desafiando uma decisão da Justiça, Wallace ameaçou obstruir pessoalmente a entrada dos jovens, gerando um impasse de âmbito federal. Crise acompanha de perto do presidente John F. Kennedy e seu irmão Robert Kennedy, então secretário de Estado de Justiça, enquando administram a crise política que se tornaria o símbolo da luta conta a segregação racial nos Estados Unidos.


NOVO"A Culpa é do Fidel" de Julie Gavras

Anna (Nina Kervel-Bey) tem nove anos e vive uma vida tranqüila e confortável com seus pais, Marie (Julie Depardieu) e Fernando (Stefano Accorsi), sua babá e seu irmão caçula, François (Benjamin Feuillet). Mas sua vida bem organizada irá se complicar com a prisão de um tio espanhol, que era comunista convicto, e uma visita ao Chile do recém-eleito Salvador Allende.
Curtas: “Desterro” e”Novembrada” de Eduardo Paredes

”Novembrada” - 9 minutos: Em novembro de 1979, um protesto de estudantes universitários, contra a presença do Presidente da República João Figueiredo, transforma o centro da ilha de Santa Catarina em um campo de batalha. Este episódio ajudou a derrubar a censura e tornou-se um marco no processo de abertura democrática no país. “Desterro” - 18 minutos: Produzido em de 1992, de direção com o apoio da UFSC. O filme mostra um Brasil de 1894 quando, sufocada a Revolução Federalista no Sul do País, o presidente Floriano Peixoto desencadeia violenta repressão contra os vencidos. Na antiga Desterro, capital do Estado, a população vive aterrorizada ante os fuzilamentos sumários na fortaleza da Anhatomirim e às inseguranças das delações.

Curtas:

"Ilha das Flores" e
"O dia em que Dorival encarou a guarda" de Jorge Furtado;
"Di" de Glauber Rocha

Filmes excelentes para serem debatidos em escola. Os dois primeiros por mostrarem as desigualdades sociais e raciais de forma divertida e o último por se tratar de um curta de Glauber que é proibido no Brasil.




“Daens - um grito por justiça” de Stijn Coninx

O filme é passado na virada do século, no norte da Bélgica, em plena Revolução Industrial. A história é desenvolvida em torno da vida dos trabalhadores de uma fábrica de tecidos, na cidade de Aalst. Naquele momento as pessoas estavam condenadas a um estado de miséria absoluta. A imagem da exploração de crianças e mulheres nas fábricas é o ponto alto da trama. A vida da sociedade local passa a ter uma nova direção com a chegada de Daens, um padre revolucionário que se muda para a cidade que se muda para a cidade e vai morar na casa de seu irmão jornalista. Seu coração balança perigosamente entre o ofício da fé e a conscientização política dos oprimidos.




“Danton - O processo da Revolução” - de Andrzej Wajda

Danton, o Processo da Revolução é um dos filmes indispensáveis sobre a Revolução Francesa. Com direção do mestre Andrzej Wajda (Cinzas e Diamantes), essa obra-prima tem como destaque o astro Gérard Depardieu, em uma das grandes interpretações de sua carreira.
Quatro anos após a Revolução, a situação econômica da França é um desastre. Cada cidadão é um suspeito em potencial. As cabeças rolam com a guilhotina. O povo está com fome e medo. Os mesmos revolucionários, que tinham proclamado a Declaração dos Direitos do Homem, implantam o Reino do Terror. Danton e Robespierre. Enquanto o primeiro tem o apoio do povo, o segundo tem o poder. O embate entre os dois líderes dá inicio a um complexo processo político.

"De punhos cerrados" de Marco Belocchio

Religião, família e propriedade são temas discutidos no filme. Uma violenta crítica á família e á burguesia. Uma mãe de quatro filhos não consegue educá-los nem administrar a casa. Um dos filhos é epilético, agindo de forma sádica e destrutiva. A filha, aparentemente normal, age de maneira infantil e possui um sentimento mórbido em relação ao irmão Alessandro. Um retrato do desespero de uma geração frustrada. Marco Belocchio, com este filme de estréia, influenciou o Cinema Novo mundial, sendo um dos raros diretores em atividade á se dedicar á filme sócio-políticos.


“Diário de Anne Frank” de George Stevens

A épica adaptação para as telas assinada por George Stevens de um dos mais comoventes documentos surgidos após a 2ª Guerra Mundial: o diário de uma garota judia de treze anos de idade, chamada Anne Frank. Para escapar aos horrores da perseguição nazista, Otto Frank (Joseph Schildkraut) escondeu sua esposa (Gusti Huber) e suas duas filhas, Anne (Millie Perkins) e Margot (Diane Baker) em um sótão desocupado em Amsterdã por dois anos. Lá, também escondidos, estavam o Sr. e Sra. Van Daan (Lou Jacobi & Shelly Winters), seu filho Peter (Richard Beymer) e um dentista, o Sr. Dussel (Ed Wynn). Em seu diário, Anne registra as dificuldades e medos das pessoas à sua volta que tentavam viver uma vida normal mesmo confinados no minúsculo sótão, estando todo o tempo sob ameaça de serem descobertos pela Gestapo. O estresse e a tensão quase insuportável da situação são habilmente expostos neste filme marcante e tocante.


"Dr. Jivago" de David Lean - DVD Duplo

Dr. Jivago é um filme que conta a história de um amor impossível entre o jovem médico Iury Jivago (Omar Sharif) e a bela Lara (Julie Christie), uma paixão que atravessa uma revolução e uma guerra mundial. Um filme com imagens memoráveis, como as da revolução russa nas ruas de San Petersburg, a travessia de trem pelos Montes Urais, e as incontáveis cenas de batalhas pela Europa durante a Segunda Guerra Mundial.

“Em Nome de Deus” de Clive Donner

No século XII, Abelard (Derek De Lint), um respeitado filósofo e professor em Paris, é contratado para ser o tutor da bela e inteligente Heloise (Kim Thomson). Rapidamente eles se apaixonam, mas precisam manter seu relacionamento escondido de todos porque Abelard está comprometido com o celibato.

“Em Nome do Pai” de Jim Sheridam

O filme retrata uma história verídica sobre uma família irlandesa que foi injustamente acusada pelo governo britânico e forçada a confessar envolvimento com o grupo de libertação nacional Ira.


“Entreatos” de João Moreira Salles

A equipe do documentário acompanhou passo a passo a campanha de Luis Inácio Lula da Silva, revelando os bastidores da trajetória dos dois meses que antecedem a sua eleição no ano de 2002.

NOVO“Enterrem meu coração na curva do rio” de Yves Simoneau


Este é um eloquente e meticuloso relato da destruição sistemática dos índios da América do Norte. Lançando mão de várias fontes, como registros oficiais, autobiografias, depoimentos e descrições de primeira-mão, Dee Brown faz grandes chefes e guerreiros das tribos Dakota, Ute, Sioux, Cheyenne e outras contarem com suas próprias palavras sobre as batalhas contra os brancos, que, na segunda metade do século XIX, terminou por desmoralizá-los, derrotá-los e praticamente extinguí-los.
Na América dos anos de 1890, intensifica-se a guerra entre homens brancos e índios. Depois de uma batalha sangrenta, os Sioux vencem o exército do General Custer em Little Big Horn. Nesse cenário, três personagens entraram para a história americana: Charles Eastman, que apoiou os direitos indígenas; Touro Sentado, chefe Lakota e orgulho de seu povo, que recusou se submeter às políticas do governo desenhadas para acabar com a identidade cultural indígena; e o senador Henry Dawes, que foi um dos arquitetos do governo para a criação de uma política de relacionamento entre brancos e índios. Mas as esperanças de uma mudança imediata acabaram quando, em 29 de dezembro de 1890, soldados da 7ª Cavalaria em Wounded Knee Creek assassinaram Touro Sentado, além de provocar o maior massacre da história, quando centenas de homens, mulheres e crianças índias foram mortas.


“Ernesto ''Che'' Guevara - Homem, Companheiro, Amigo...”
de Roberto Massari

Utilizando raras imagens de arquivo, incluindo todo o material disponível no acervo estatal de Cuba, Ernesto "Che" Guevara é um excelente filme histórico que acompanha todas as etapas da vida desse grande mito: da sua juventude na Argentina à sua morte no interior da Bolívia, passando por sua campanha como revolucionário. Além disso, muitos aspectos de sua vida pessoal são revelados. A trilha do filme é composta de um belíssimo cancioneiro de músicas latinas e internacionais, dedicadas a Che.


"Estado de Sítio" de Costa-Gavras

Em uma ousada operação tática, o grupo guerrilheiro Tupamaro seqüestra o cônsul brasileiro no Uruguai e o cidadão norte-americano Philip Michael Santore (Yves Montand), funcionário de uma agência americana. Com o sucesso da operação, os Tupamaros partem para a segunda faze do plano: negociações exigindo a troca dos seqüestrados por militantes presos. O incidente causa grande repercussão internacional e diplomática, deixando o governo em xeque e o presidente uruguaio próximo da renúncia. Enquanto isso, o líder do grupo foca as atenções no interrogatório do americano Santore, a quem atribui a responsabilidade direta na seleção e treinamento de vários policiais militares em tortura, atentados e na articulação do Esquadrão da Morte. Um filme surpreendente e esclarecedor do mestre do cinema político Costa-Gavras que desvenda de forma brilhante vários fatos da nossa história recente.


“Estrada para Guantánamo” de Michael Winterbottom, Mat Whitecross

O drama real de quatro jovens ingleses de origem paquistanesa, moradores da cidade de Tripton, Inglaterra. Confundidos com terroristas, eles são arbitrariamente presos na base naval de Guantanamo, em Cuba. Em 2001, o jovem Asif viaja à terra natal dos pais para conhecer sua noiva, levando consigo os amigos Ruhel, Shafiq e Monir. Atendendo ao apelo de um líder muçulmano local, eles partem como voluntários para o Afeganistão. Mas não conseguem retornar e são capturados pelas forças aliadas. Encarcerados em Guantanamo durante dois anos e meio, passam por toda sorte de tortura e humilhação. Com locações reais no Paquistão e no Afeganistão, as cenas ambientadas em Guantanamo foram rodadas no Irã. O filme explora a linguagem do "docudrama", transitando no limite entre o documental e a recriação dramática.

"Eu Sou Cuba" de Mikhail Kalatozov
O filme mostra imagens dos revolucionários cubanos que lutavam contra a opressão do governo de Fulgêncio Batista. É uma retratação, com caráter documental, da resistência cubana nas montanhas de Sierra Madre. O filme chama atenção pela virtuosidade estética, ao distorcer as imagens em lentes grande-angulares, além de utilizar belíssimos planos-seqüências.



NOVO “É um mundo livre” de Ken Loach

Este filme retrata a degradação do sistema social europeu, não apenas para os que chegam ao continente, mas também para os que já lá vivem. Foi inspirado na imigração e em como as pessoas cruzam meio mundo para depois serem exploradas. Angie é uma jovem que acaba de ficar desempregada. Não é a primeira vez que isso acontece. Mas, mesmo que não tenha educação formal, ela tem energia, perspicácia e ambição. Junto com a amiga Rose , decide ter o próprio negócio e monta uma agência de recrutamento de trabalhadores imigrantes.



NOVO “Evo Pueblo” de Tonchy Antezana

O filme conta a vida de Morales desde a infância no planalto, os diversos trabalhos que teve para sobreviver, a liderança sindical como produtor de coca na região de Chapare, a entrada na política e sua chegada à Presidência da Bolívia em janeiro de 2006. Quatro atores diferentes dão rosto a cada um dos períodos da vida de Morales.

Sem legendas em português - Áudio em espanhol


"Farenheit 451" de François Truffaut

No futuro, um governo opressor proíbe a literatura, como forma de tentar manter o controle da opinião pública. Os bombeiros se ocupam de atear fogo às coleções de livros encontradas. Curioso pelo mundo dos livros, o bombeiro Montag começa a questionar a moralidade de sua função e as intenções do sistema. Ele se apaixona por uma bela jovem que faz parte de um grupo rebelde pró-literatura, e também se encanta pelos livros. Ele decide se rebelar e, após incinerar seu chefe, foge para o campo, onde existe uma comunidade que mentaliza os livros palavra por palavra. Baseado no romance de Ray Bradbury.

“Favela Rising” de Jeff Zimbalist e Matt Mochary

Documentário norte americano, filmado no Brasil, mostra a luta de Anderson Sá, fundador do grupo Afro Reggae, que assombrado pela morte de familiares e amigos, passa a desenvolver trabalhos em sua comunidade, a favela de Vigário Geral.


"Feliz Natal” - de Christian Carion

FELIZ NATAL conta a verdadeira história da trégua de véspera de Natal declarada pelas tropas escocesas, francesas e alemãs nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Os inimigos deixam suas armas por uma noite e se juntam em fraternidade e esquecem as brutalidades da guerra. Diane Krüger (Tróia), Daniel Brühr (Adeus, Lênin!) e Benno Fürmann (A Princesa e o Guerreiro) lideram um elenco internacional de primeira linha em um filme realmente poderoso e imperdível.

“Fidel” de David Attwood

Controversa minissérie que relata a vida do revolucionário líder cubano, Fidel Castro. Desde sua infância até o triunfo de sua revolução em Cuba. Uma obra atual com Víctor Hugo Martin como Fidel e Gael García Bernal como Che Guevara. Com garbo militar e um charuto, Fidel Castro é um verdadeiro ícone da rebeldia. Uma figura controversa que subiu ao poder em Cuba e que durante décadas dirigiu o país com punho forte, forçando o mundo inteiro a reconhecê-lo como uma figura política. Esta minissérie reveladora retrata o verdadeiro homem, desde sua infância até seu encarceramento durante o regime de Fulgencio Batista, por fomentar a dissidência e lançar-se com a revolução que finalmente triunfou em Cuba.
"Fidel - a história não contada" de Estela Bravo

Fidel Castro é uma das mais influentes e controversas figuras do nosso tempo. Este documentário oferece uma oportunidade única para ver o homem através de entrevistas exclusivas com o próprio Fidel. Traz entrevistas com historiadores, figuras públicas e amigos íntimos, além de imagens do arquivo do Estado cubano. Alice Walker, Harry Belafonte, Sydney Pollack discutem a personalidade do homem. Antigos e atuais personagens do governo dos EUA, incluindo Arthur Schlesinger, Ramsey Clark, Wayne Smith, o congressista Charles Rangel e um ex-agente da CIA mostram suas visões históricas e políticas sobre Fidel e sobre o longo embargo contra Cuba. Os familiares e amigos íntimos, incluindo o escritor Gabriel Garcia Marquez, oferecem uma janela para a vida pessoal de Fidel. O vemos nadando com os guardas, visitando sua casa e escola de quando era criança, brincando com Nelson Mandela, Ted Turner e Muhammad Ali, reunido comElian González, e comemorando o seu aniversário com os membros do Buena Vista Social Club.Justapondo anedotas pessoais com a história da revolução cubana e a luta para sobreviver ao período pós-soviético, "Fidel" narra uma história anteriormente não contada e apresenta uma nova visão desta figura poderosa e irresistível.

“Germinal” de Claude Berri

O filme Germinal é baseado no romance francês de Émile Zola, Germinal (de 1881). Este filme mostra a realidade dos operários franceses, retratando o processo de gestação de movimentos grevistas e de uma atitude mais ofensiva por parte dos trabalhadores das minas de carvão do século 19 na França em relação à exploração de seus patrões. O filme inicia com a vinda de um novo operário Etienne Lantier, o qual está desempregado e procura emprego na companhia de mineração. O cruel Chaval, o bondoso Toussaint Maheu e o amor de Catherine fazem parte de um cotidiano de miséria, maus-tratos, alcoolismo e uma rebelião que pode acabar em tragédia.

NOVO “Frida” de Julie Taymor

De sua relação complexa e duradoura com seu mentor e marido, Diego Rivera, passando por seu controverso e ilícito caso com Leon Trotsky e seus provocantes envolvimentos românticos com outras mulheres, Frida Kahlo levou uma vida intensa e sem limites como uma revolucionária política, artística e sexual. O filme retrata a história da vida que Frida Kahlo (Salma Hayek) compartilhou abertamente e sem medos com Diego Rivera (Alfred Molina), quando o controverso casal revolucionou o mundo artístico.

NOVO “Gaijin” de Tizuka Yamasaki

Japão, 1908. Em virtude de haver muita miséria no país e poucas perspectivas de trabalho, muitos japoneses emigravam em busca de oportunidades. Como a companhia de emigração só aceitava grupos familiares que tivesse pelo menos um casal, assim Yamada e Kobayashi, que eram irmãos, vêem como solução que Yamada se casasse com Titoe , que tinha apenas 16 anos. Yamada e Titoe tinham acabado de se conhecer e, juntamente com um primo, partem para o Brasil. Após 52 dias de viagem chegam ao Brasil e vão trabalhar na Fazenda Santa Rosa, em São Paulo, pois a expansão cafeeira era intensa. Porém eles se deparam com um capataz que trata os colonos hostilmente, exigindo sempre que trabalhem até a exaustão. Além disso são roubados pelos donos da fazenda, apenas sendo tratados com respeito por outros colonos e por Tonho, o contador da fazenda.


“Getúlio Vargas” de Ana Carolina Teixeira Soares

Mostra o Brasil dos anos 30 a 50, com fatos marcantes como o suicídio de Vargas e a participação da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial. O filme se inicia com a leitura da famosa carta testamento de Vargas, na voz de Paulo César Peréio, contando também com música original de Jards Macalé. As imagens são montagens de antigos jornais cinematográficos produzidos pelo então DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda). Um filme extremamente atual para a discussão do populismo varguista e sua herança nos dias de hoje.

"Ghandi" de Richard Attenborough

A biografia sobre o homem que subiu de simples advogado a símbolo mundial de paz e tolerância. Uma obra-prima imprescindível, Gandhi é uma história intrigante sobre ativismo, política, tolerância religiosa e liberdade. Mas no centro de tudo isso, está um homem extraordinário que lutou por uma existência pacífica e libertou uma nação.

Contém vários extras, incluindo filmes e entrevistas do Ghandi em pessoa.



“Giordano Bruno” de Giuliano Montaldo

Giordano Bruno é um das grandes obras do cinema político italiano dos anos 70. Esta Edição de Colecionador apresenta o filme em versão restaurada e remasterizada no formato widescreen anamórfico. Com direção precisa de Giuliano Montaldo (Sacco & Vanzetti), o roteiro mostra um dos episódios mais polêmicos da história: o processo e a execução do astrônomo, matemático e filósofo italiano Giordano Bruno (1548-1600), queimado na fogueira pela Inquisição por causa de suas teorias contrárias aos dogmas da Igreja Católica.

“Golpe de 64” - de Fernando Morais Março de 1964. Os olhos do mundo estão voltados para o Brasil. Num planeta dividido entre dois blocos antagônicos é cada vez mais difícil manter-se independente. Esquerda ou direita? Que rumo tomar? Uma coisa é certa: a solução, infelizmente, não será democrática. Neste cenário fervilhante, o processo político se radicaliza a cada dia. O fatídico mês avança e a temperatura se eleva. Os comícios reúnem centenas de milhares de pessoas, os discursos são mais inflamados do que nunca. Nos gabinetes, conspira-se. haverá golpe? Haverá contra-golpe? Os americanos estão de prontidão? Não há mais tempo para planejar. É preciso agir. E rápido. Os tanques já estão nas ruas. Prepare-se para reviver um dia de cão e de chumbo: 31 de março de 64.

“A Greve” de Sergei Eiseinstein

A ação desenrola-se numa das maiores fábricas da Rússia tzarista. Tudo parece calmo: os operários trabalham, a burguesia goza de uma vida rica em prazeres; mas, essa serenidade é só aparente: os contra-mestres percebem que, entre os operários, há uma agitação dissimulada e comunicam à direção da fábrica. A direção por sua vez avisa à polícia. Os espiões enfiltram-se na fábrica e na vila operária. Apelos à luta são lançados pelo comitê. O suicídio de um operário, injustamente acusado pela direção de ter roubado documentos, marca o início da greve. Os operários deixam as fábricas, as máquinas param. Organiza-se uma concentração na floresta. Uma ofensiva da guarda montada fracassa. Ao saber da recusa da administração em satisfazer as reivindicações dos operários, o comitê decide continuar a greve. A polícia incendeia o depósito de vinhos, certa de que os operários esfomeados irão saqueá-lo, o que serviria de pretexto para represálias; entretanto, o plano não funciona.

"Os Gritos do Silêncio" de Roland Joffé

Em meio à barbárie cometida após a chegada de Pol Pot ao poder do Camboja, um jornalista busca encontrar um amigo em meio aos campos de concentração do local. São mostradas as trágicas conseqüências, principalmente as ações do Khmer Vermelho. Com a cobertura da tomada de Phnom Penh, o jornalista ganha o prêmio Pulitzer e retorna para o oriente procurando o amigo, que separou-se dele em razão da guerra.




"A Guerra do Fogo" de Jean Jacques Annaud

Um mergulho no tempo em busca da maior conquista da humanidade: o domínio do fogo. Este documentário-ficção recria o mundo exatamente como era há 80.000 anos atrás: o homem pré-histórico enfrentando tribos inimigas e feras dentro de um ambiente hostil, até o surgimento de seus primeiros sentimentos.
A Guerra do Fogo é um filme aclamado no mundo inteiro como o mais fiel e emocionante registro dos primeiros passos da civilização. Um filme para todos que se interessam pela história da humanidade e seu processo evolutivo atá os dias de hoje. Não saiu em cartaz, e só existem raríssimas cópias em VHS no Brasil.

"Hércules 56" de Silvio Da-Rin

Em 1969, em plena ditadura no Brasil, duas organizações revolucionárias raptaram o embaixador americano Charles Elbrick e exigiram a libertação de quinze presos políticos, levados ao México no avião Hércules, prefixo 56. Neste documentário, os nove remanescentes do grupo e cinco membros da organização responsáveis pelo seqüestro discutem as causas e conseqüências da luta armada contra o regime militar.

“A História Oficial“ de Luis Puenzo

Uma história emocionante, que mostra de forma dramática um dos períodos mais sombrios das últimas décadas na Argentina. Na Buenos Aires dos anos 80, Alicia e seu marido Roberto vivem tranqüilamente com Gaby, sua filha adotiva. Porém, após o reencontro com uma velha amiga recém-chegada do exílio, Alicia começa a tomar conhecimento da cruel realidade do regime militar argentino, passando a questionar todas as suas certezas e o que considerava como verdade. Uma realidade para a qual Alicia não estava preparada, mas que agora terá de enfrentar com todas as suas conseqüências. Um dos mais importantes filmes do cinema político mundial, A História Oficial é vencedor de vários festivais de cinema internacionais, incluindo o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, além da Palma de Ouro de Melhor Atriz para Norma Aleandro.
“O Homem de Mármore” de Andrzej Wajda DVD Duplo

Em 1976, uma jovem da Cracóvia está produzindo um filme, que seria seu projeto de conclusão de curso. Ela procura cenas que possa ilustrar um documentário sobre a vida de um pedreiro que, durante os anos 50, tornou-se um herói proletário. Ela tem acesso às filmagens da época e entrevista pessoas próximas ao personagem. Apesar da qualidade e dos avanços do projeto, ele começa a ser ameaçado.





"O Homem que não vendeu sua alma" de Fred Zinnemann

um chanceler inglês católico romano, se envolve em uma situação complicada quando o corrupto Rei Henrique VIII (Robert Shaw) o obriga a aprovar seu divórcio com sua esposa e realizar o casamento com sua amante. Extremamente dividido entre sua consciência e suas obrigações com o rei, Sir Thomas decide permanecer em silêncio, o que provoca a ira do rei. O resultado é uma batalha de poderes repleta de intrigas do palácio, manobras políticas e o destino do Homem, da Igreja e do país. No final, o silêncio dele falou mais alto.

"Homo Sapiens 1900" de Peter Cohen

Aborda um tema polêmico: a eugenia e as teorias de limpeza racial que deram origem ao Nazismo. Baseado em extensa pesquisa de fotos e cenas raros de arquivo, o filme discute como a eugenia e a limpeza racial foram defendidas como formas de aperfeiçoar a espécie humana e criar "um novo homem". Esses conceitos foram pesquisados no decorrer do século XX, com várias tentativas de transformá-los em realidade. Um documento precioso sobre a manipulação biológica como arma para eliminar todos os que não se adaptam ao padrão racial imposto por um modelo fascista de ideal humano.
"Jango" de Silvio Tendler

Documentário sobre a recente história política do Brasil e o golpe de 64 dos "anos de chumbo". João Goulart, assumiu a presidência após a renúncia de Jânio Quadros, com propostas de reformas sociais e políticas para o país, o que gerou uma reação de setores conservadores e dos altos comandos militares contra "Jango" e a agitação social que caracterizou suas propostas. Deposto pelo Golpe de 64, João Goulart foi o único presidente brasileiro morto no exílio. O filme visto por 1 milhão de pessoas, ganhou vários prêmios e está entre os documentários mais importantes do Brasil - ainda mais agora que começa á ser revelada a verdadeira causa de sua morte.
“Jorge Furtado: Curtas da Casa ”

11 curtas do premiado diretor Jorge Furtado. Inclui o excelente "Ilha das Flores". São eles: Oscar Boz; O Sanduíche; Ângelo anda sumido; Estrada; Veja bem; A Matadeira; Esta não é sua vida; Barbosa; Ilha das Flores; O Dia em que Dorival encarou a guarda; Temporal.

NOVO“Jornada pela liberdade” de Michael Apted


A vida de William Wiberforce mostra como a perseverança e a fé de um homem mudaram o mundo. Líder do movimento abolicionista britânico, o filme mostra a luta épica para criar uma lei com objetivo de acabar com o tráico negreiro. Durante está jornada, Wilberforce encontra oposição intensa dos que acreditavam que a escravidão estava diretamente ligada á estabilidade do império britânico. Em seus amigos, incluindo John Newton, um ex-capitão de navio negreiro que compôs o famoso hino Amazing Grace, encontrou suporte para continuar lutando pela causa.


”Josué de Castro” de Silvio Tendler

O filme retrata a vida e a obra do médico pernambucano Josué de Castro, intelectual engajado em um dos maiores e eternos problemas da humanidade: a fome. Autor de vários livros que discutem a fome como uma questão política, Josué representou o Brasil em vários órgãos internacionais, como a FAO, mas acabou sendo exilado pela ditadura militar.

“Justiça” de Maria Augusta Ramos DVD Duplo


O cotidiano de alguns personagens no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desde os que estão lá diariamente - defensores públicos, juízes, promotores - até os que passam por ali eventualmente - os réus. As estruturas de poder são reveladas por meio de vários detalhes, como o desenho da sala, os corredores do fórum, a disposição das pessoas, o discurso, os códigos e as posturas. Detalhes visuais e sonoros ganham relevância e significado. Uma visão que se contrapõe com a do tribunal judiciário de filmes americanos.

NOVO “Kamchatka” de Marcelo Piñeyro


Harry (Matías Del Pozo) tem 10 anos e tem uma vida normal para qualquer criança de sua idade na década de 70. Porém, quando seus pais começam a ser perseguidos pela ditadura argentina ele e sua família são obrigados a largar todos os seus bens e fugir para uma fazenda.




NOVO “Katýn” de Andrzej Wajda

Descreve o famoso e triste massacre de Katyn. Meses depois da invasão nazista na Polônia, em 1939, aproximadamente 15 mil (algumas fontes registram que tenha sido mais de 25 mil) prisioneiros de guerra poloneses são mortos pela polícia secreta stalinista nas florestas da cidade de Katyn.

NOVO “Kedma” de Amos Gitai

Maio de 1948. Alguns dias antes da criação do Estado de Israel, alguns sobreviventes dos campos de concentração viajam de navio para chegar à Palestina, onde são recebidos à bala por soldados ingleses. Cansados e famintos, eles são imigrantes que desejam chegar até um kibutz onde vivem os judeus. No caminho, ajudados por uma força militar, encontram árabes. Explode um conflito violento e trágico de proporções históricas. "Kedma" mostra um pouco de como nasceu a guerra entre palestinos e israelenses que já dura décadas.

"Kerouac, o rei dos Beats" de John Antonelli

Documentário dramático retratando a tumultuada e emocionante vida do mais importante escritor da Geração Beat - Jack Kerouac. Autor de um dos mais extraordinários romances da literatura moderna americana, On the road. A vida de Kerouac é analisada com depoimentos históricos de Allan Ginsberg, William Burroughs e Lawrence Ferlinghetti. Além de fotos e documentos raros da sua infância católica até a sua auto-destruição aos 49 anos. Além deste interesse e comovente documentário, há nos extras, um raríssimo trecho de uma entrevista antológica que ele fez para a TV americana, estando totalmente embriagado, mas sempre sábio e eloqüente nas respostas.
Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net